Escolha uma Página

Você já se pegou encarando o seu armário cheio de tipos de roupa e sentindo que você não tem nada para usar? Durante esse momento de reflexão, parece lógico ir até uma loja e comprar peças novas, mas o que você precisa, na verdade é selecionar qual roupa você precisa se livrar. Você não precisa de mais. Você precisa de menos. Por isso, vamos te ajudar a escolher quais peças devem sair imediatamente do seu armário.

Peças repetidas

Roupas íntimas e camisetas são uma coisa, mas se você perceber que tem mais de dois do mesmo vestido floral, é sinal de que ele é uma roupa que você precisa se livrar.

Separe essas peças e tente lembrar o que te fez pensar que esses tipos de roupa eram diferentes. Agora, olhando-as ao mesmo tempo, elas parecem tão diferentes assim? Depois de avaliar toda a situação, escolha aquele que você mais usa e prefere e doe, ou venda as outras peças.

tipos de roupa

Roupas que você nunca usou, ou só usou uma vez

Elas foram compradas para uma ocasião especial? Há um desconto incrível envolvido? Elas ainda servem? Você lembra de ter comprado a peça? Faça uma avaliação completa de suas “roupas virgens” e pense se vale a pena mesmo mantê-las no armário. Caso contrário, é hora do desapego.

Roupas super confortáveis que você só usa em casa

Estamos falando dos tipos de roupa que “nem morta” você usaria fora de casa. Blusas de frio rasgadas, maiores que você, camisetas manchadas, calças de moletom com manchas de água sanitária… Agora, sabemos o que você está pensando: “quem liga para o que eu visto dentro de casa?”

E você está certa. Mas isso não tem relação com ninguém mais a não ser você. Você admitindo, ou não, o que você veste, tem um efeito forte na sua visão sobre o próprio corpo. Se você já se arrumou toda e sentiu-se feliz e confiante, então você sabe do que estamos falando.

É claro que se livrar dos tipos de roupa gastas não vai fazer com que você se sinta mais confiante imediatamente, mas usar peças mais novas, que sirvam e sem manchas, mesmo dentro de casa, pode ajudar bastante.

Fantasmas do passado

Sabe aqueles tipos de roupa que você amava há anos, mas agora você odeia e mesmo assim as mantém no armário? Esse também é um tipo de roupa que você deve se livrar.

Avalie as peças: você amava esses tipos de roupa. Por que? O que mudou? Você estava copiando o estilo de alguém? Você estava distraída com uma moda passageira? O que fez você começar a odiar essas roupas?

tipos de roupa

Roupas que não servem mais

Aposto que seu guarda-roupa está cheio de peças que não servem mais, seja porque você emagreceu, engordou, cresceu, encolheu, ou qualquer outra coisa…

Separe todos esses tipos de roupa e procure o problema: São os botões? O corte nos quadris? Nos ombros? Está muito comprido? Muito curto? Esses problemas já existiam quando você comprou as roupas, ou apareceram com o tempo?

Preste atenção principalmente nas peças que você acha difícil se livrar. Talvez elas sejam de algum designer famoso, ou uma roupa que você gastou muito dinheiro para ter. Qual é o principal problema que fez com que essa roupa se tornasse inutilizável? Uma vez que você identificar todas essas questões, vai ser difícil ignorá-las depois e isso vai fazer com que o processo de aposentar as peças seja mais fácil.

Identificar esses problemas também pode ajudar a ver se a peça pode ser reformada e voltar a ser utilizável. Mas avalie essa possibilidade apenas nas roupas que você gosta muito e não quer deixar de lado. Se você tem dúvidas quanto a isso, é um sinal de que ela é uma roupa que você deve se livrar.

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas