Escolha uma Página

Um novo plano de dieta está se tornando uma verdadeira febre no Instagram, e já ganhou uma legião de adeptas entre as mulheres que buscam transformar o corpo de maneira saudável: os chás que possuem função detox, também conhecidos como “TeaTox“. A ideia é utilizar chás para melhorar o metabolismo, desintoxicar o organismo e (claro!) eliminar os quilinhos extras.

Mas, você deve estar se perguntando: “Será que isso funciona mesmo?” Saiba como os chás de fato podem de fato colaborar para a silhueta e como incluir corretamente no dia a dia.

Antes de tudo, é preciso ter em mente que as ervas sozinhas não tem o poder de te fazer emagrecer, mas que são sim facilitadoras. Os chás podem ser aliados no processo de emagrecimento e na melhora da qualidade de vida, mas não fatores únicos no processo.

Quais chás escolher

detox
Fonte: Unsplash

Os chás podem conter as mais variadas propriedades, desde o efeito calmante, como o de camomila e maracujá, até os aceleradores de metabolismo, indicados para quem procura eliminar os quilinhos extras.

Opções como o chá verde, canela, gengibre e cavalinha podem ser usados com o intuito de emagrecer.

Eles agem como fatores termogênicos, aumentando a taxa metabólica e facilitando o processo de perda de peso, além de possuírem antioxidantes, que auxiliam no combate à inflamação e instalação de doenças crônicas.

Essas ervas também hidratam bem, melhoram o funcionamento intestinal e, consequentemente, o aspecto da pele.

Sachê X Ervas

Escolher entre o sachê ou as ervas soltas é motivo de dúvidas para quem resolve começar a investir na bebida e, apesar de ambos terem benefícios, não são iguais. “Os chás de folhas frescas são melhores, pois os de saquinho podem conter uma certa quantidade de galhos e outras substâncias que não são a folha, diminuindo a infusão delas na água.

A maneira de fazer a infusão também é importante: Você deve aquecer a água e desligar o fogo quando levantar fervura. Só então acrescente as folhas, abafe com uma tampa por cerca de 10 minutos e então coe e consuma.

Os especialistas garantem que não há diferença nutricional entre a versão quente e a fria, basta tomar o cuidado de consumir no mesmo dia. Você ainda pode misturar tranquilamente dois chás para ter mais benefícios, como o de hibisco (febre entre as famosas!), que melhora o inchaço e a retenção de líquidos, com uma das opções termogênicas indicadas acima.

Como consumir

detox
Fonte: Unsplash

Para que você realmente perceba os benefícios os chás devem fazer parte da rotina diária, já que não existem milagres quando o assunto é boa forma: No programa teatox são utilizados os chás duas vezes por dia, mas você pode consumir entre duas ou quatro xícaras.

Aconselha-se não tomar mais que cinco, o que deve prevalecer é o bom senso. Prefira utilizar o preparo nos intervalos entre as principais refeições.

Não substitua refeições

A advertência mais importante para quem quer aderir ao teatox é não usar os chás para substituir as principais refeições (almoço, jantar e café da manhã). Ao fazer isso, há um grande risco da pessoa ficar com muita fome e descontar em outros alimentos, perdendo o foco do emagrecimento.

O principal é ter consciência na hora de fazer esse tipo de detox, para não prejudicar a sua saúde. O ideal é ter o acompanhamento de uma nutricionista.

Se não tiver como, busque dicas certeiras, sem ingredientes industrializados e que podem te prejudicar. E, principalmente, não tome medicamentos para emagrecer sem a indicação de um médico especialista.

O mais importante aqui é você cuidar da sua saúde e ingerir alimentos saudáveis e com nutrientes que vão te fazer bem. Não é errado comer um doce ou pizza de vez em quando, não se sinta culpada por isso.

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas