Escolha uma Página

Se você nasceu no começo da década de 90, muito provavelmente já usou aquela gargantilha preta que imitava uma tatuagem no pescoço, a choker. Aquilo sim era estilo, hein! Agora, um pouco mais madura, está na hora de voltar às raízes e apostar novamente nessa tendência. Mas calma, não precisa ir procurar a gargantilha da infância não, as opções hoje são outras e melhores.

Além de voltar à moda, a gargantilha também ganhou outro nome: choker. De maneira geral, são colares justos ao pescoço, que podem ser feitos com couro, tecido e até metal. Independente do modelo, esse acessório é a peça chave se você quer atrair atenção para o rosto.

Tatto choker

choker
Fonte: Unsplash

Como citamos acima, a moda da gargantilha pegou com as peças que imitavam uma tatuagem. Hoje, apesar de vários outros modelos disponíveis para compor o visual, esse clássico ainda está por aí.

É bom ter um cuidado a mais na hora de escolher esse tipo de gargantilha, para não dar a ideia de que você parou no tempo.

Aposte nela quando o look for totalmente informal e para dar uma atualizada, você pode escolher peças que são mescladas com correntes ou pingentes.

Gargantilha de tira

Simplicidade é a palavra que define esse acessório, que é basicamente uma tira de tecido para usar no pescoço.

Seja de couro ou de cetim, as variações desse modelo vêm com a combinação dele com peças metálicas e pingentes.

Ele é uma boa escolha se você gosta de usar mais de um colar e ainda pode dar certo com um look mais formal, tudo vai depender do conjunto da obra.

Choker de metal

Essa é a escolha certa se você quer montar um look glamoroso. As gargantilhas de metal são chamativas e casam perfeitamente com uma produção elegante e social, assim como caem super bem com uma roupa descolada. Você pode deixar a peça ser o grande destaque do visual com uma produção monocromática ou, se optar por peças coloridas, cuidado para não pesar nas combinações.

Equilíbrio

choker
Fonte: Unsplash

Com o destaque que o acessório vai trazer para o rosto e para o pescoço, vale ter um cuidado a mais na hora de escolher outras peças para combinar.

Como colocamos, alguns modelos casam bem com outros colares, mas na hora de escolher um brinco, a dica é optar pelos discretos e pequenos, para não carregar demais no visual.

Na hora da roupa, se você quer dar ainda mais destaque para a peça, uma blusa decotada ou um tomara que caia vai combinar perfeitamente, ainda mais se você usar o cabelo preso.

Mas nada te impede de apostar nela com um decote mais fechado. Inclusive, tem gente que usar ela sobre a gola da blusa, se ela for bem justo ao corpo (bem justa mesmo!).

Já deu pra ver que não tem segredo, certo? E também deu para perceber que independente do seu estilo, você pode encontrar um modelo com o qual se identifique. Vale a pena apostar na gargantilha, é mais uma opção de variedade para um visual sensacional!

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas