Escolha uma Página
Floral: dicas para montar um look perfeito

Floral: dicas para montar um look perfeito

Pode ser um tanto quanto clichê falar sobre florais na primavera, mas o lance é que essa estampa floral é totalmente atemporal. Você pode ter apostado nisso no varão passado, no outono e no inverno e vai continuar agora porque as peças florais estão longe de sair de moda.

Quem adota um visual romântico com frequência provavelmente usa bastante a estampa floral, ela é perfeita para esse tipo de look, mas isso não quer dizer que ela não possa compor produções mais despojadas, tudo vai depender de como você vai combinar as peças.

Outra característica muito boa dessa estampa é que você encontra roupas com ela para qualquer ocasião, seja um vestido mais sério e social, como uma peça bem básica para o dia a dia.

floral
Fonte: Unsplash

Estampa certa

Quem gosta de usar estampa sabe bem que elas podem valorizar ou não o corpo, por isso é importante ficar de olho na hora de escolher.

Se você quer realçar alguma região do corpo, opte por estampas grandes, no caso, flores grandes, elas vão chamar a atenção. Já se a ideia é disfarçar ou atenuar uma região, opte pelas estampas florais pequenas e mais delicadas, elas vão dar suavidade ao visual.

Quanto às cores, sempre vale a máxima de que claros marcam e escuros disfarçam, mas por ser uma estampa, isso pode dar uma variada. De qualquer forma, leve em consideração o conjunto da obra, ou seja, se a estampa no geral é mais clara ou mais escura.

Combinar uma peça florida é bem fácil, basta procurar outra peça que seja do mesmo tom ou de um tom parecido com as cores da estampa. Usando essa lógica você cria um equilíbrio no visual e não tem erro.

Claro que nada te impede de combinar a estampa com uma roupa que tenha cores completamente diferentes. Nesse caso, os tons neutros são os mais fáceis para montar o visual.

Já os tons mais fortes e alegres, como os rosas, vermelhos, amarelos e por aí vai, combinam bem entre si desde que você não carregue o look com outra coisas, como acessórios ou mesmo um sapato chamativo. Também vale levar em conta o modelo da roupa, algumas peças pedem um acompanhamento discreto, outras não.

E pode misturar o floral com outras estampas? Claro que pode. Aposte em cores parecidas e não

Vale lembrar que independente da combinação que você faça, a peça colorida tende a ser o ponto central do look, então use ela em partes do corpo que você não se importe que sejam ressaltadas. Por exemplo, se você optar por uma calça, vai destacar seu quadril, já se escolher uma blusa, chama atenção para o tronco.

floral
Fonte: Unsplash

Acessórios

Mutia gente fica em dúvida se pode usar acessórios com roupas estampadas, por elas chamarem mais a atenção, mas a resposta é sim. Pode usar sem medo.

Claro que na hora de escolher os acessórios, procure alguma coisa que não fique pesado, brigando com a estampa, mas uma boa maneira de equilibrar isso é revezar acessório x peça estampada.

Por exemplo, se você está com uma calça ou saia estampada, aposte em uma blusa neutra e escolha um colar ou brinco para completar o look. Já se a blusa for estampada, opte por pulseiras, anéis eu até um cinto.

Enfim, o esquema é não jogar tudo – estampa e acessório – para uma parte do corpo.

Saia evasê: dicas para montar o look perfeito

Saia evasê: dicas para montar o look perfeito

Uma das tendências da década de 60 que voltou com tudo hoje em dia é a saia evasê. Também conhecida como saia em A, esse modelo tem uma cintura mais alta, bem demarcada e justa, ficando mais larga ao longo da saia.

Como valoriza a cintura, ela cria uma ótima silhueta para o corpo. Também é uma boa opção para disfarçar o quadril. Os modelos que encontramos hoje em dia podem ser curtos ou médios, sendo que o segundo tem uma pegada mais clássica.

Vale lembrar que apesar de disfarçar o quadril, dependendo do tecido da saia ele pode ressaltar a área, então se você quer evitar isso, procure modeles com tecidos leves e pouco estruturados. Já se a ideia é realçar a região, opte por tecido grossos.

Outro detalhe importante, quanto mais volumosa for a saia, com pregas e camadas, mais ela vai realçar o quadril e o bumbum.

saia evasê
Fonte: Unsplash

Para todas as ocasiões

A saia evasê é uma peça super democrática e pode ser incorporada em todos os estilos, basta escolher o modelo certo. O tecido da saia vai influenciar muito o tipo de produção que ela favorece.

Por exemplo, uma saia de algodão é mais casual e pode ser facilmente incorporada ao dia a dia com roupas mais descontraídas e informais.

Já uma saia de veludo ou de algum tecido mais grosso, é uma ótima escolha para ambientes formais, basta acrescentar uma blusa de tecido fino, como seda ou mesmo uma camisa para acompanhar.

Estampas

Além dos tecidos, as estampas também estão por aí para dar ainda mais opções na hora de montar o look. Quando for pensar na produção, sempre vale a velha dica do equilíbrio. Cores que conversem, tons parecidos e por aí vai.

Também é bom saber que as estampas grandes vão destacar o quadril, então se você quer fugir disso, opte pelos tons neutros e escuros.

saia evasê
Fonte: Unsplash

Curta x média

O modelo evasê pode estar em uma saia curta ou em uma midi, que é aquele comprimento que fica abaixo do joelho. A diferença principal nas duas é a imagem que ela vai criar da silhueta.  Por exemplo, a midi tende a encurtar a silhueta, já a curta vai dar mais destaque para as pernas.

Complementos

Na hora de combinar a saia com a blusa, vale levar algumas coisas em consideração. Se a saia for armada e no modelo midi, uma blusa solta por cima dela vai criar uma imagem “estufada”, então se você prefere marcar a silhueta, aposte nela por dentro da saia.

Blusas soltas por cima ficam melhores nas saias curtas, mas nada impede que com elas, você também opte pela blusa presa na cintura.

Não tem erro na hora de escolher, pode ser desde um cropped a uma t-shirt, tudo vai depender do seu estilo. No pé a saia evasê vai com tudo, desde o salto para dar um ar mais social até o tênis para looks mais despojados.

Os acessórios ficam por conta da criatividade e nesse casso, cintos podem ser uma ótima opção para dar um toque a mais no visual.

Boné no look feminino: estilo e ousadia

Boné no look feminino: estilo e ousadia

Mais uma vez a moda ultrapassa a barreira de gênero e traz para o guarda roupa feminino um acessório que até tempos atrás era coisa de menino: o boné. Hoje a mulherada está dominando o uso dos bonés e como sempre, quando uma peça passa para o lado de cá, ela ganha várias versões diferentes, afinal, precisamos de variações!

Ao incorporar o boné ao look você automaticamente cria um visual mais despojado. Apesar de não ser difícil combinar ele com a roupa, você tem que saber que não dá para manter uma produção social e apostar no boné, certo? Ele é um elemento para composições informais.

A primeira dica para escolher o boné certo é ficar de olho no tamanho. Se você tem o rosto pequeno, escolha um modelo que equilibre com isso. Um boné muito grande vai te esconder.

Boné feminino x boné masculino

boné no look feminino
Fonte: Unsplash

A diferença entre o modelo feminino e o masculino são as cores e aplicações do boné. Na versão “para meninas” você encontra peças estampadas, com aplicações vários tipos de aplicações etc.

Mas então, tem que buscar um modelo feminino na hora de usar? Claro…que não! Está super liberado apostar nos modelos masculinos e eu diria mais, boné e boné, esqueça essas classificações e escolha o que cair melhor com seu estilo.

Couro

O boné de couro é uma ótima escolha se você quer incorporar o acessório ao visual, mas não quer nada chamativo. Ele é básico e ao mesmo tempo estiloso. Claro que por ser couro, fica mais abafado na cabeça, então não use uma peça que fique apertada, vai te incomodar bastante.

O bom do boné de couro é que ele vai combinar com praticamente tudo, ele é neutro tanto na cor, quanto nos detalhes.

Visual

Na hora de montar o look para combinar com o boné, vale lembrar que tem que ser uma roupa mais descolada. Nada de peça estruturada ou social, aposte nas blusas e t-shirts descontraídas e em sobreposições que tenham uma pegada mais casual.

Uma calça sempre dá certo, seja jeans ou legging, assim como o shorts e saia. Croppeds criam um look mais sexy com a peça e você pode apostar na camisa amarrada na cintura.

No pé um tênis completa o visual perfeitamente, mas nada impede de apostar em uma sandália ou salto.

boné no look feminino
Fonte: Unsplash

Cabelo

Não precisa nem falar para não usar boné com o cabelo molhado, né? Além de causar mau cheiro, vai abafar o cabelo e isso não é saudável para o couro cabeludo.

Normalmente, quando se usa boné como um acessório e não para bloquear o sol, como esportistas e atletas fazem, o cabelo fica melhor solto. Dá um charme a mais no visual.

Acessórios

Pode usar boné e outros acessórios? Pode sim, mas cuidado para não exagerar. Como o boné vai destacar a cabeça, evite brincos grandes. Um colar mais discreto também é a melhor opção. Anéis e pulseiras à vontade, só fique de olho para não pesar o look.

Como você viu, não tem muito segredo para incorporar o boné ao visual. Você com certeza vai achar um modelo que combine com seu estilo e de quebra, vai mudar um pouco a rotina. Vale a pena, não?

Body: conheça essa peça sexy e versátil

Body: conheça essa peça sexy e versátil

Se tem uma coisa que é super comum hoje em dia é adaptar roupas que antes eram exclusivas de uma determinada situação para o dia a dia. O body é um exemplo disso. Ele surgiu como uma roupa de ginástica e ganhou muito destaque na década de 90, com cores fortes e cintilantes, mas hoje é uma peça que pode ser incorporado às produções diárias sem problemas – e quando digo produções diárias, falo da balada, do trabalho, do passeio ao ar livre, etc.

Para todas as ocasiões

body
Fonte: Unsplash

Os novos bodys da moda vêm com diferenciais que ajudam a escolher o modelo certo para cada ocasião. Vale lembrar que ele sempre vai chamar a atenção, por ser justo ao corpo, então se você não se sente bem com isso, talvez a peça não seja uma boa ideia.

No entanto, se você for optar por ela, fique de olho em alguns detalhes:

  • Para looks formais, como um visual para o trabalho, vale optar pelos modelos mais fechados na frente e na costa. As cores neutras ou estampas escuras também ajudam a dar seriedade à produção.
  • Para looks descontraídos e despojados, você pode apostar no decote nas costas ou na frente. As opções de estampas são infinitas, então use e abuse da criatividade.
  • Agora, se você não abre mão do sutiã ou não gosta de usar aqueles sutiãs adesivos ou com alças alteráveis, opte por um modelo que dê certo com a lingerie, porque apesar de várias peças hoje em dia permitirem o uso do sutiã aparecendo e ficarem descoladas assim, o body não é uma delas.

Sem exagero

body
Fonte: Unsplash

Por ser uma peça justa e para criar um equilíbrio na hora de montaro look, a recomendação é que você aposte em roupas mais largas para combinação, como uma saia rodada, um shorts boyfriend ou uma calça de alfaiataria.  

Eles vão super bem com o body e não tiram o visual sexy dele nem um pouco.

Claro que nada te impede de optar por uma combinação de peças justas, porque a moda é democrática e cada um pode usar o que quiser, mas é bom fazer isso com cuidado, para não exagerar no visual.

Esse look todo justo vai ficar bem sexy e se você quiser, uma boa opção para quebrar essa pegada é optar por uma terceira peça mais larga, como um blazer ou casaco.

Na hora de escolher o sapato, se quiser dar um tom mais discreto ao visual opte por uma sapatilha ou sandália baixa. Agora se a intenção é deixar o look realmente chamativo, é a hora ideal para usar aquele super salto que está guardado esperando a hora de brilhar.

Cores e estampas

O body em tons escuros e neutros é mais discreto, mas as peças floridas e estampadas também disfarçam bem por conta da mistura de cores e desenhos. Se você gosta de um visual mais organizado, aposte em peças neutras com peças estampadas, mas se você prefere um look divertido, brinque com a combinação das estampas e cores.

O mais importante é achar um look que combine com você e que te faça sentir bem. Se você tem receio de apostar nessa peça por insegurança, chegou a hora de superar esse medo e aprender a valorizar sua silhueta. Se aventurar por novas modas faz sempre bem!

.

T-shirt para qualquer ocasião

T-shirt para qualquer ocasião

Se você é adepta da praticidade, sua roupa ideal é a t-shirt, porque apesar de ser uma peça extremamente básica, ela não serve só para looks casuais. Hoje, com tantas combinações, você pode apostar nela em praticamente qualquer ocasião.

Antes de tudo, vale explicar que t-shirt nada mais é do que uma camiseta. Ela pode ser mais justa, mas não chega a ser “babylook”, ou mais larga, parecida com o modelo masculino. Além de estampas, ela pode ser colorida, em tie day, enfim, são várias opções.

T-shirt e calça

t-shirt
Fonte: Unsplash

Todos os modelos de calça vão bem com uma t-shirt. Se o modelo for mais justo, como uma legging ou skynny, uma opção é escolher uma camiseta mais larga e comprida, já se for um modelo tipo flare, escolha uma mais curta, que não cubra o quadril.

Na hora de combinar as cores e estampas, vale aquele bom e velho equilíbrio.

T-shirt e shorts

Essa é uma combinação perfeita. Você pode optar por um modelo mais comprido e prender a frente no short ou ainda, se for um modelo cintura alta, colocar a camiseta por dentro. Os modelos mais curtos vão bem, também.

Esse look vai com sapatilha, tênis e se quiser deixar mais social, invista em um blazer e salto.

T-shirt e saia

A escolha certa para quem procura um look mais romântico. Seja com uma saia mais rodada ou com uma justinha, a t-shirt completa o visual super bem e ainda pode dar uma quebrada na produção se a saia for muito social. Usa a camiseta por dentro e valorize a silhueta.

Sobreposições

Na hora de escolher o casaco, jaqueta, enfim, a peça que vai sobrepor a roupa, a dica é levar em conta o visual que você quer montar. Uma jaqueta jeans ou de couro é ideal para reforçar a pegada descontraída, já se você quer dar um toque a mais no visual, aposte no blazer, vai ficar um arraso.

Acessórios

t-shirt
Fonte: Unsplash

Não é porque você está de camiseta que vai abandonar os acessórios clássicos. Colares ficam ótimos com o visual, incluindo os modelo maxi, metalizados e com pedra, eles dão uma quebra no look casual e um toque a mais na produção.

Brincos, pulseiras, enfim, tudo vai bem com a t-shirt.

Escolha certa

Quando você apostar em camisetas básicas, de uma cor só e sem estampas, invista e acessórios e sobreposições, como coletes. Isso vai dar um toque a mais na produção.

Além disso, com essas peças você pode apostar na calça, saia ou shorts estampado sem ter medo de errar na medida.

Já se você vai se aventurar pelas camisetas de bandas, um jeans é a combinação ideal. Se for apostar nas estampas na parte de baixo, também, procure tons que combinem com o desenho da camiseta. Uma camisa xadrez por cima torna o look rock clássico.  

Além das bandas, outras estampas fazem parte do mundo da t-shirt. Na hora de combinar a dica é a mesma, opte pelo jeans básico ou equilibre as cores.

Como você viu, não tem segredo na hora de apostar nessa camiseta. Depois que você usa uma vez, não vai querer abandonar nunca mais!

Mix de estampas: veja como acertar nessa mistura

Mix de estampas: veja como acertar nessa mistura

Hoje vamos falar sobre mix de estampas e os tabus que envolvem esse estilo. Você já deve ter escutado que roupas estampadas devem ser combinadas com peças neutras, para não ficar “brega”. Pois bem, as regras mudaram e agora está liberado brincar com as estampas e ainda sim, montar um look arrasador.

É claro que combinar duas ou mais peças estampadas não é tão fácil quanto combinar uma saia florida com uma blusa branca, mas também não é nada impossível e vamos mostrar como apostar nessa tendência sem errar.

Cores

mix de estampas
Fonte: Unsplash

Uma dica na hora de fazer um mix de estampas é apostar em peças com as mesmas cores. Por exemplo, uma blusa de bolinhas e uma saia listrada, ambos na cor preto e branco. 

Claro que se as cores das estampas forem chamativas, o look também vai ficar, mas aí vai depender do que você procura com o visual.

Se você quiser se aventurar por cores diferentes, procure ao menos tons parecidos, isso vai trazer equilíbrio para a produção.

Além disso, algumas combinações de cores são clássicas e caem bem de qualquer forma, ou seja, você pode postar em estampas nesses tons a vontade e combiná-las facilmente.

Por exemplo: branco, preto e vermelho. Azul, branco e vermelho. Cinza, azul marinho e branco. Enfim, esses mixes de cores que casam em qualquer situação.

Estampas clássicas

Um mix de estampas clássicas, como as listras ou as bolinhas, são mais fáceis de combinar. Você pode investir em um floral ou animal print com elas e o visual vai ficar despojado e divertido. Além delas, o xadrez também é uma boa opção. Para facilitar ainda mais, você pode apostar em uma dessas estampas no preto e branco ou em cores neutras.

Exemplos de combinações clássicas: xadrez e floral, listras e bolinhas, bolinhas e florais, listras e florais.

Harmonia

O lance na hora de combinar um mix de estampas é pensar na harmonia da produção e para criar isso, além das cores, como já falamos, você pode pensar nas semelhanças entre as estampas. Se elas são parecidas ou mesmo se não do mesmo estilo, tipo duas peças de animal print.

Além disso, você pode criar harmonia entre as peças combinando uma estampa grande e uma pequena. Usar duas estampas pequenas pode até dar certo, mas duas grandes podem causar confusão demais na roupa.

Estampa única

mix de estampas
Fonte: Unsplash

Um mix de estampas que fica super despojada e é bem comum é a t-shirt com um desenho central e uma peça estampada para acompanhar, como uma saia ou calça.

Por ter um desenho só na camisa, fica mais fácil criar um equilíbrio no look, que tem uma pegada bem descontraída e casual.

Acessórios e sapatos

Se você não tem o costume de misturar estampas e quer começar aos poucos, a melhor dica é investir nos acessórios. Ao invés de usar duas peças estampadas, combine uma roupa com um acessório, como uma bolsa, um echarpe ou até mesmo um óculos. Esse tipo de produção é muito mais fácil e é um bom começo.

Além dos acessórios, os sapatos são uma ótima escolha para começar a brincar com estampas e como você pode optar por peças neutras para ajudar no equilíbrio, fica ainda mais tranquilo, não tem como errar.

Agora que você já viu que estampas juntas dão super certo, é só usar e abusar da criatividade e arrasar na produção!

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas