Escolha uma Página
Lingerie: Mantenha suas peças bonitas por mais tempo

Lingerie: Mantenha suas peças bonitas por mais tempo

A lingerie faz toda a diferença no caimento da roupa, mas nem sempre é fácil fazer com que aquele sutiã ou calcinha que você adora continuem bonitos e eficientes por muito tempo. A boa notícia é que dá para prolongar a vida útil das suas peças favoritas com cuidados simples de armazenamento e lavagem, que vão garantir que o seu dinheiro renda muito mais.

Sutiãs

Sutiã com bojo

lingerie
Fonte: Unsplash

O mais importante para manter seu sutiã com bojo é não deformar o aro e a espuma, o que pede atenção à maneira como você armazena.

Ele não pode ser dobrado e nem ter a sua estrutura movimentada. Guarde-o aberto e fechado atrás, e vá encaixando um sobre o outro na gaveta ou em uma caixa.

Outra maneira, caso não consiga espaço dessa forma, é dobrar ao meio e encaixar um bojo no outro.

Lavar também deve ser uma tarefa delicada para que a estrutura se mantenha firme. Quando você lava a mão nem sempre consegue manter o formato ou limpar direito a peça, então muita gente prefere a máquina.

Existem “esferas” para colocar o sutiã antes de por na máquina que são boas opções nesse caso, porque ajudam na lavagem das roupas e ainda não deformam o bojo.

Mesmo com todos os cuidados, os sutiãs sempre irão lacear em algum momento, portanto, a dica é se preparar para isso desde a compra. Todo material elástico tem uma fibra que dura menos que a de um tecido plano, principalmente o elastano, que é muito frágil. Você deve comprar se o sutiã abotoar corretamente no último par de grampos (olhando de dentro pra fora), porque assim existem mais duas regulagens para usar. Muita gente não sabe, mas elas já foram pensadas para servir à medida que a peça vai alargando.

Sutiã de renda

Sutiãs de renda não perdem a forma, mas transtornos como bolinhas ou rasgos são muito frequentes. A melhor maneira de evitar é guardar em saquinhos desorganiza ou TNT, ou colocar em colmeias (divisórias para gavetas em tecido ou madeira) para que não tenham atrito.

Calcinhas

lingerie
Fonte: Unsplash

Calcinhas bem organizadas duram mais e ainda ajudam a deixar o seu dia mais prático, então nada de jogá-las de qualquer jeito na gaveta.

O melhor é fazer um envelope, sobrando as duas laterais para dentro e depois o fundo da calcinha. Aí é só colocá-las uma atrás da outra para que você encontre facilmente sem ocupar tanto espaço na gaveta.

Pode colocar também em ordem de cor e tecido, o que deixa ainda mais fácil.

Também é importante evitar a lavagem dentro do banho, já que altas temperaturas podem prejudicar o tecido. Quando elas são de renda podem ter o mesmo cuidado do sutiã ao lavar, colocando dentro de saquinhos próprios para a máquina. Não lave com água quente, pois a fibra elástica é pouco resistente à temperaturas altas e isso reduz o tempo de vida útil.

Espartilhos

Espartilhos estão entre os itens que mais deformam e exigem cuidados, tanto na lavagem quanto no armazenamento. Eles podem ser colocados dentro de caixas ou em saquinhos para proteger o tecido, geralmente fino, e sempre sem dobrar para que a estrutura não danifique. As caixas devem ter algum tipo de furo para ventilação para que eles não fiquem com cheiro forte de guardado.

A máquina de lavar não é aconselhada nesse caso, já que pode gerar atrito e deformar mesmo usando a proteção de saquinhos. A lavagem à mão é melhor a opção, até porque você não precisa lavar esse tipo de item com tanta frequência e ele não costuma ter muita sujeira acumulada.

Meias de Seda

Meias de seda, sejam inteiras ou 3/4, são muito delicadas e podem desfiar mesmo que você não esteja manuseando. Por isso vale fazer uma lavagem rápida só na parte dos pés, que vai te ajudar a não riscar. Se for colocar na máquina pode usar o saquinho.

Para guardar, a dica da consultora de moda é separar um espaço exclusivo para meias em geral, evitando aquelas roupas com detalhes que podem puxar os fios. Guarde enroladinhas e coloque todas juntas em uma gaveta para que não desfiem. Se não quiser perder a gaveta toda, use uma caixa.

Outros cuidados

Montar uma estratégia de lavagem também pode te ajudar muito na conservação de itens delicados, e ainda acrescentar uma dose extra de praticidade na rotina. Tenha um dia na semana para lavar só as peças delicadas, como as lingeries e roupas levinhas do verão. Dessa forma você pode usar um sabão mais leve e colocar um ciclo de lavagem mais delicado.

Outra ajuda valiosa é manter as etiquetas com as instruções de lavagem, que sempre te darão a maneira mais correta de cuidar de cada item. Muita gente arranca sem nem olhar, mas vale a pena ficar atenta ao que o fabricante te pede para fazer. Pagamos tão caro em algumas peças e poderia ser muito simples fazer com que durassem. Se não é você que lava, lembre a pessoa de olhar também.

Dicas para não cometer deslizes de moda

Dicas para não cometer deslizes de moda

As roupas vão muito além da sua função prática de proteger o corpo, também são responsáveis por transmitir a mensagem que você deseja comunicar para o mundo com a sua imagem e não cometer deslizes de moda. No entanto, nem sempre o que salta aos olhos é aquilo que se quer comunicar!

Descubra pequenos deslizes de moda que podem envelhecer ou até infantilizar demais o seu visual:

Deslizes que envelhecem

Escolher a cor errada

deslizes de moda
Fonte: Unsplash

Apesar da escolha de cor ser uma questão de gosto, a tonalidade deveria sempre variar de acordo com a sua pele, já que perfis quentes e frios pedem um leque diferente de matizes.

A cor errada, que não fica bem em você, envelhece porque empalidece e evidencia defeitinhos como marcas de expressão, manchas, olheiras e rugas. É um dos piores deslizes de moda

O ideal é que ao provar uma roupa você analise-a com calma em frente ao espelho, para perceber todos os detalhes.

Outra opção é pegar uma mesma blusa em duas cores diferentes, colocar perto do rosto por alguns segundos e depois fazer o mesmo com a outra. A comparação vai te ajudar a entender qual ficou melhor.

Fazer combinações rígidas

A alfaiataria e outros elementos da vestimenta clássica são muito bem-vindos no dia a dia, especialmente para ambientes formais ou empresariais. No entanto, tome cuidado para não exagerar na rigidez do look e cometer um dos deslizes de moda se não quiser parecer ter alguns bons anos a mais. Eles podem envelhecer de acordo com o que você usa, como é o caso das camisas com gola laço, que estão em alta agora.

Procure misturar o blazer ou a calça de alfaiataria com uma peça mais jovem e moderna, seja na roupa ou nos acessórios. Geralmente, o paletó fica bem com um jeans escuro, e a calça de alfaiataria funciona com uma regata de bom tecido. Misturar linguagens é o segredo para quebrar o efeito negativo.

Usar estampas fora de escala

Escolher a melhor estampa para a sua silhueta nem sempre é fácil e, quando a escala fica fora de proporção, podem acontecer problemas, como acabar com uma imagem antiquada ou um visual datado. As estampas Liberty (aquelas com flores bem pequenininhas) envelhecem demais se estiver desproporcionais em relação ao corpo.

Padrões pequenos não vão ter efeitos negativos se estiverem em mulheres menores e com traços mais delicados, caso contrário, prefira usar de maneira mais casual, como em uma camisa aberta com uma camisetinha por baixo.

Sapatos da “Vovó”

Por mais que sejam extremamente confortáveis, os sapatos com sola anatômica podem não cair bem no figurino quando são muito aparentes. Outros modelos, geralmente relacionados a pessoas mais velhas, também pedem certos cuidados para que não acabem denunciando anos extras: Alguns são naturalmente mais antiquados, como os peep toes muito fininhos, que mostram só a unha do dedão, e o mocassim anatômico.

Se você quiser usar um par de calçados mais clássico ou com esse estilo, a dica é procurar por cores vibrantes ou estampas modernas, para que o look fique mais atual.

Deslizes que infantilizam

deslizes de moda
Fonte: Unsplash

Roupas rodadas

As roupas mais rodadas trazem uma conotação mais romântica e delicada, o que nem sempre é apropriada. Saias e vestidos nesse estilo acabam dando um ar juvenil, assim como os de pregas, então é uma leitura que não deve estar nas roupas de trabalho.

Em um momento casual, podem sim aparecer, mas tente colocar uma estampa mais sofisticada ou moderna ou uma cor mais vibrante, que tiram essa sensação de que você está caricata ou tentando parecer muito mais jovem.

Tons pastel

Os tons pastéis estão em alta na moda, mas todo cuidado é pouco ao escolher um look composto por eles. Eles dão uma infantilizada no look por serem muito clarinhos, especialmente o rosa e o azul, que remetem às crianças mesmo.

Para não acontecer, o melhore é misturar com preto e outras cores de maior contraste que quebram bastante essa impressão.

Acessórios datados

Sabe aquele brincão grande de argola ou aquele bico de pato que você adorava na adolescência? Melhor reservar um lugar especial para eles nas suas lembranças, e não no guarda-roupa. Esses brincos, anéis muito pequenos com motivos infantis e piranhas rementem a uma imagem muito jovem e são informais demais.

Prefira brincos com estruturas mais interessantes ou longos, laços e presilhas coloridos, mas com materiais sofisticados, e anéis que façam o seu estilo de agora, e não do passado. 😀

Alimentação: Descubra os melhores alimentos para a saúde

Alimentação: Descubra os melhores alimentos para a saúde

Você sente o que você come, afinal, a alimentação influencia no bem-estar físico, no humor e na melhora da sua disposição. No entanto, é difícil definir de forma generalizada o que, de fato, deixará você bem, porque isso vai depender do tipo de nutriente que está bloqueando a liberação da serotonina.

A alimentação é matéria-prima para a produção de serotonina, um neurotransmissor que está ligado ao bom humor, otimismo e relaxamento. Deficiência nutricional ou distúrbios fisiológicos, por exemplo, desequilibram a produção dessa substância, e sua carência pode causar depressão e ansiedade.

Ou seja, ainda que o bom ou mau humor seja uma característica individual, ele pode ser corrigido ou auxiliado pela alimentação. Temos o exemplo da adolescência. A vitamina B é importante e deve estar presente nesta fase, porque sua carência colabora para o mau humor e as constantes crises que acompanham a pessoa nessa fase da vida.

Assim, veja abaixo uma lista contendo alguns alimentos que fazem bem para a saúde e para a disposição.

O que incluir na alimentação:

alimentação
Fonte: Unsplash

Alho e cebola

As cebolas de sabor mais forte, que têm maior atividade antioxidante. Seus sulfetos alílicos reduzem o risco de doenças cardiovasculares e estimulam a produção de enzimas protetoras contra o câncer gástrico.

A cebola também possui quercetina, um anticancerígeno e que reduz o perigo de uma gripe. O consumo também está relacionado ao aumento da massa óssea. O alho está inversamente relacionado ao câncer e protege da osteoartrite e obesidade.

Maçã

Contém resveratrol e quercetina, substâncias que previnem câncer, problemas cardíacos e inflamações.

Seis estudos publicados pela Universidade Cornell em 2009 fornecem evidências de que uma maçã por dia pode colaborar para manter longe o câncer de mama.

Além disso, as fibras solúveis da fruta reduzem a inflamação associada a doenças de obesidade e fortalecem o sistema imunológico.

Frutas cítricas

O ponto alto são os limonoides, presentes especialmente na casca. Essas substâncias químicas reduzem o colesterol e blindam contra o câncer. Outra substância do bem são os flavonoides, também concentrados na casca, que previnem contra problemas cardíacos. E, não custa lembrar, as frutas cítricas são ricas em fibras (in natura) e vitamina C, ótima para o sistema imunológico, e têm propriedades anti-inflamatórias.

Folhas verdes escuras

Esses alimentos protegem os olhos. As substâncias chamadas luteína e zeaxantina levam ao aumento da densidade dos pigmentos da mácula, ponto da retina fundamental para a acuidade visual. Vale lembrar que a doença, que mata os fotorreceptores ou faz com que eles sofram disfunção, é a principal causadora da cegueira em populações idosas.

Tomate

alimentação
Fonte: Unsplash

Contém licopeno, antioxidante que previne o câncer de próstata, tem ação antioxidante e blinda seu coração. A boa notícia: o processo de industrialização do tomate, para elaboração de molhos prontos e ketchup não destrói o licopeno.

Outra dica: o calor o potencializa, ou seja, o negócio é consumir tomate cozido, molhos quentes e sopa de tomate.

O tomate tem ainda outro antioxidante, o ácido ferúlico, que protege contra a degeneração dos neurônios e pode diminuir o risco de osteoporose.

Milho, trigo e óleos vegetais

Todos têm fitoesteróis, que reduzem o risco de doenças cardiovasculares e diminuem a absorção do colesterol.

Mas só o consumo desses alimentos não é suficiente para ter benefícios. Vale investir nos industrializados enriquecidos com fitoesteróis, como as margarinas.

E atenção: submetidos a temperaturas altas por muito tempo, os óleos se tornam saturados, liberando substâncias prejudiciais ao organismo.

Cogumelos

O forte são as fibras solúveis betaglucanas, que ajudam a diminuir a absorção do colesterol e turbinam o sistema imunológico. Eles também são boas fontes de proteínas e fibras, com baixa quantidade de lipídeos, conforme determinou um estudo realizado na Universidade Estadual de Campinas com champignon, shitake e shimeji.

Frutas

As frutas em geral contêm antocianinas, que fornecem proteção contra doenças cardiovasculares e câncer. Um estudo da Universidade do Estado de Ohio, nos EUA, por exemplo, mostrou que essas substâncias podem reduzir o crescimento de células de câncer de cólon.

Gergelim

O gergelim e o óleo feito com ele têm uma forma de vitamina E chamada gamatocoferol, que pode interromper o crescimento de câncer de pulmão e também de próstata, segundo uma pesquisa da Universidade Purdue, nos EUA. Outro ingrediente é o cálcio, básico para a manutenção óssea e, diversos estudos comprovam, está inversamente relacionado à obesidade. 😀

Truques de moda para equilibrar as proporções do corpo

Truques de moda para equilibrar as proporções do corpo

A moda pode ser uma aliada para ajudar as mulheres a equilibrarem as proporções do corpo. Nem sempre ficamos contentes com a própria altura, e para quem é muito baixa ou alta a escolha das roupas ideais pode ser um verdadeiro desafio. Se você quer ganhar centímetros visualmente, ou até perder alguns, saiba que alguns truques de moda podem te ajudar (e muito!).

Truques de moda para “baixinhas”

Acerte na escala

proporções
Fonte: Unsplash

Para quem tem pouca estatura o melhor é evitar tudo que é muito largo ou volumoso, pois deixam a silhueta em desequilíbrio.

Quando você usa uma peça grande, seja porque o tamanho está errado ou porque ela é propositalmente volumosa, acaba expandindo o corpo lateralmente. O melhor é apostar em tecidos mais fluídos e leves, e que estejam bem ajustados às suas proporções.

A escala dos detalhes também deve ser pensada cuidadosamente, já que eles interferem da mesma maneira no corpo: peças que tem detalhes muito grandes fazem com que você seja “engolida” pela roupa.

É preciso alinhar as proporções, então prefira acessórios delicados. Se quiser usar uma estampa grande, a dica é fazer isso em uma modelagem sequinha.

Se você quer parecer mais alta, procure blusas e partes de baixo mais curtas, que te ajudam a criar uma ilusão de tronco menor e pernas maiores. As peças que deixam as pernas à mostra são sempre uma boa ideia! 

Para as blusas, opte pelas que acabam no ossinho da bacia ou acima. Se forem longas, o melhor é usar por dentro da parte inferior, que deve ter a cintura no lugar para criar o efeito de alongamento.

Atenção para a cintura

É muito comum pensar em comprimentos midis como vilões, no entanto, o que realmente faz diferença é a colocação da cintura. A cintura é o verdadeiro problema e não a barra. Se ela é no lugar e usada com um salto vai te deixar bem proporcional, mesmo com uma saia midi ou uma calça cropped. As baixas acabam alongando demais o tronco, o que causa uma sensação de pernas curtíssimas.

Combinando as cores

Outro detalhe que pode fazer toda diferença é a escolha de cores, que enganam o olhar e equilibram as proporções. Tons próximos e os looks monocromáticos fazem o olho correr e ajudam bastante. Não faça contrastes exagerados com as peças se quiser parecer mais alta, especialmente se a cintura for baixa.

Truques de moda para mulheres altas

proporções
Fonte: Unsplash

Crie contraste

Se para as pequenas o conselho é evitar contraste, para quem não quer evidenciar a altura o recomendado é fazer exatamente o oposto: trazer mais contraste entre as partes de cima e de baixo da roupa é muito positivo porque automaticamente divide a silhueta.

Você pode ousar bem mais na combinação de cores.

Aposte na sobreposição

Ainda não incluiu uma terceira peça nas suas produções? Acredite, esse é um ótimo recurso para deixar o visual interessante e ainda conseguir mais equilíbrio nas proporções.

Criar camadas ajuda muito especialmente com coletes e casacos além da linha do quadril, ou até mesmo com os bem longos. Tudo que for muito curtinho te alonga muito mais, e se você não deseja isso pode ser negativo.

Ajustando os tamanhos

Tudo o que for muito pequeno ou curto vai te alongar ainda mais, então fique atenta ao escolher acessórios e outros itens para o guarda-roupa: estampas grandes e espaçadas ficam interessantes, porque aumentam um pouco o corpo na largura e deixam as proporções ideais. As blusas também podem ser mais longas e dá para arriscar cinturas mais baixas.

Se escolher uma calça ou saia de cintura alta, equilibre fazendo sobreposições com peças mais compridas ou com mais estampas e cores vivas.

Encontrando calças

Só quem é alta sabe o quanto pode ser complicado encontrar calças com a barra no lugar, no entanto, a modelagem certa torna a compra mais fácil. A flare geralmente tem uma barra bem mais longa que as demais calças, então é uma boa opção e que favorecerá muito sua silhueta.

As calças, principalmente de jeans ou sarja, mais curtas não são um problema e caem bem às proporções, mas tome o cuidado para deixá-las quatro ou cinco dedos mais curtas do que o usual, para que pareçam intencionalmente menores, e não que foram compradas errado. 😀

Como ficar confortável e estilosa ao mesmo tempo

Como ficar confortável e estilosa ao mesmo tempo

Às vezes, quando nos vestimos pela manhã, nós queremos ficar maravilhosas, mas também com um look confortável para aguentar um dia inteiro de trabalho. Não há nada pior do que sofrer por horas dentro de uma calça muito justa que quase não fica abotoada.

Felizmente, há várias maneiras de ficar confortável sem ter de abdicar de um estilo fabuloso. Está se perguntando quais são elas? Então vamos dar algumas dicas fáceis que vão fazer você se vestir sempre de forma confortável, seja para ir ao trabalho, ao cinema, ou à uma noitada com os amigos.

Abrace as calças de elástico que você odeia amar

confortável
Fonte: Unsplash

Não estamos falando das calças de vovó. Há muitas calças confortáveis que podem deixar o look lindo e que possuem elástico na cintura. Você vai querer usá-las com uma túnica estilosa, ou um suéter mais comprido, para que não fique tão óbvio que você se rendeu ao elástico.

Os estilistas sabem que as garotas querem ficar confortáveis e por isso eles fazem calças com stretch que podem se alinhar perfeitamente as tendências de moda.

Dedique mais tempo para provar as roupas

Se você é do tipo de garota que prova uma roupa só para ver se ela serve e já tira para comprar, é hora de mudar as atitudes. Ao invés disso, reserve alguns minutos para abaixar, sentar, ajoelhar e andar com as peças novas.

Essa é a única maneira de ter certeza se as roupas vão funcionar no seu corpo, se elas vão ficar confortáveis e não apenas bonitas – você já viu que elas são bonitas na vitrine.

Você deve ter vontade de usar todas as peças de roupas no seu guarda-roupa todos os dias. Isso é um sinal de que elas são bonitas, confortáveis e não estão apenas ocupando espaço.

Tenha uma jaqueta, ou casaco estampado no guarda-roupas

Você pode incrementar uma simples combinação de jeans e camiseta com um casaco estampado fabuloso. Dessa maneira, você vai ficar bem arrumada e sofisticada ao mesmo tempo em que está confortável o suficiente para aguentar o dia.
Esse look fica ótimo para ir à aula, ou ao trabalho e vai parecer com que você se esforçou para combinar as peças certas, mas você, na verdade, só complementou a roupa superconfortável que usa todos os dias!

Sim, você pode usar os seus tênis!

confortável
Fonte: Unsplash

Talvez seja melhor evitá-los se você tiver uma grande apresentação no trabalho, ou algum evento mais formal, mas você pode combinar facilmente seus tênis preferidos com shorts, saias e até com vestidos em situações mais casuais. O truque é fazer com que os tênis combinem com o que você está vestindo. Seus pés e corpo vão te agradecer por optar pelos tênis ao invés de sapatos apertados e desconfortáveis.

Escolha um terninho casual e refine-o

Ao invés de passar o dia sofrendo com um terno social abotoado até o pescoço, tente usar um terninho mais solto e confortável.

Pode por refinar o visual com uma bolsa mais chique, acessórios glamurosos e um penteado estiloso para estar pronta para qualquer coisa, qualquer dia e qualquer evento.

O truque da camisa por dentro da calça

O estilo de colocar a camisa apenas pela metade por dentro da calça é tendência agora. Isso significa que você pode usar esse look confortável à vontade e ainda estar alinhada à moda. Você pode fazer esse truque com uma camiseta mais estruturada, ou uma camisa mais social para o escritório.

Que tal você tentar essas dicas amanhã de manhã, antes de sair para o trabalho, ou para a aula? A Ritual quer saber o que vocês acharam da experiência!

Quebrando os mitos impostos para as garotas plus size

Quebrando os mitos impostos para as garotas plus size

Quando você é uma garota plus size vivendo em um mundo de garotas magras, você tem de encarar vários mitos e regras de beleza. A ditadura da moda, muitas vezes, faz com que você evite usar algumas peças. Mas quem está aqui para dizer o que o outro deve fazer? Por isso, aqui estão alguns mitos desvendados e algumas regras que você pode quebrar, sendo uma garota plus size:

Você nunca deve usar listras horizontais

plus size
Fonte: Unsplash

Pode admitir. Você começou a evitar as linhas horizontais depois de ter ouvido que elas engordam. Nós estamos aqui para te falar que esse mito já foi quebrado.

As listras horizontais podem fazer você parecer maior, mas apenas em alguns casos. A dica para usar essas listras se você for uma garota plus size é conhecer suas proporções.

As listras não precisam ser muito grossas e os espaços entre elas também devem ser proporcionais.

Se você ainda não se sentir à vontade para mergulhar de cabeça nesse look, comece pequeno. Use uma blusa listrada por baixo do seu cardigan, ou jaqueta preferida.

Você deve sempre usar o preto básico

Ao mesmo tempo em que usar cores escuras realmente pode fazer com que você pareça mais magra, você nunca deve pensar que é proibido usar todo o resto. A noção de que você, como uma beleza plus size, não pode ficar bonita fora do padrão das cores monocromáticas não é apenas errada, como é inteiramente impraticável. O mundo está cheio de cores fortes e vibrantes, por que você deve ser proibida de usá-las?

Se você ainda se sente preocupada na hora de sair dos pretos e dos azuis escuros, comece pequeno nesse caso também: use acessórios coloridos, como bolsas e cintos, até você se sentir à vontade para colocar um jeans vermelho.

Você nunca poderá usar jeans skinny

plus size
Fonte: Unsplash

Sendo uma garota plus size, você provavelmente já ouviu que você tem de evitar os jeans skinny a todo custo e usar os mais restos e largos.

Ao mesmo tempo em que esses jeans podem ser favoráveis para você, o skinny também pode. Roupas mais justas, na verdade, podem abrigar suas curvas melhor que as mais largas, então não tenha medo de tentar esse look.

A dica para usá-lo da melhor maneira é escolher uma peça justa e não apertada. A primeira vai fazer você ficar chic e sexy e a outra pode de deixar desconfortável, vulgar e – sim – fazer você parecer maior do que você realmente é.

Você nunca deve usar roupas largas

Por favor, jogue esse pensamento fora. Nós não conseguimos entender porque alguns estilistas gostam de jogar as garotas plus size dentro de roupas grandes e largas – isso não é necessário todas as vezes. Na maioria dessas vezes, usar muito as roupas largas pode criar o efeito oposto: fazer você parecer maior do que é.

Não se esconda dentro de roupas grandes e escuras porque você acha que precisa. Use roupas que sirvam confortavelmente em você e que sejam equilibradas entre as mais justas e as mais larguinhas.

Você nunca deve usar estampas

plus size
Fonte: Unsplash

Você pode ter medo de parecer mal vestida com uma estampa floral, por exemplo, ou ao escolher uma estampa de bolinhas e usá-las em um look, mas a verdade é que as estampas podem ficar ótimas nas plus size também!

Você não devia vetar suas roupas automaticamente só porque alguém disse que não serviria em você.

Assim como as listras horizontais, usar estampas de forma correta e de acordo com as proporções pode ser ótimo para a sua silhueta, sendo ela fina, ou não.

Lembre-se que nem todos os corpos plus size são iguais, por isso é importante encontrar algo que fique bem em você e que te faça sentir bem.

Combine as estampas com uma jaqueta, ou um cinto escuros para complementar as cores.

Você deve usar apenas tecidos que valorizam o corpo

A ”cultura da magreza” já determina que as garotas plus size devem ter cuidado na hora de escolher o tamanho, o corte, as estampas e as listras, agora, até os tecidos? Pois é! Mas nós temos uma novidade: tudo bem se você quer usar crochê, tricô, pele falsa, couro, metálicos e todos os outros tipos de tecidos que existem.

Apenas lembre-se de manter tudo em equilíbrio e bem proporcional ao resto do seu look e ao seu corpo. Dessa maneira, você poderá aproveitar todas as opções da moda sem se preocupar.

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas