Escolha uma Página
Vestidos: dicas para escolher o modelo certo

Vestidos: dicas para escolher o modelo certo

Seja para vestidos ou qualquer outro tipo de roupa, saber valorizar a própria silhueta e escolher o modelo certo é muito importante. Com isso, você usa e abusa de diversos modelos e estilos com mais segurança. Destaca partes do corpo das quais mais gosta e disfarça aquelas que incomodam de vez em quando.

Também é bom saber que nem sempre um modelo largo disfarça e nem sempre um modelo justo marca de maneira ruim. As vezes, um equilíbrio entre eles é o que vai fazer a diferença para criar um look perfeito. Vamos aprender juntos como escolher o modelo certo de vestido para você?

O modelo certo para você

modelo certo
Fonte: Unsplash

Alguns modelos de vestidos valorizar mais um ou outro corpo, por isso é sempre bom ficar de olho na hora de escolher. O chemisier, por exemplo, vai bem em qualquer silhueta, então pode apostar nele sem medo.

Já o tomara que caia ressalta o busto e dependendo do modelo, disfarça a barriga, no entanto, a ausência de alças pode ser um problema para quem tem seios grandes, já que não oferece muita sustentação.

O clássico tubinho ressalta as curvas do corpo, então ele valoriza silhuetas que tem poucas curvas, sendo bem recomendado para corpos em formato de triângulo invertido (ombros largos e pernas finas) e retangulares (ombro e quadril simétricos e com pouca cintura).

Os corpos ampulheta, com cintura marcada, também ficam ótimos nesse modelo. É um modelo certo para esse tipo de corpo.

Outro modelo bom para quem quer valorizar o colo e disfarçar a barriga é o de alcinhas. Delicado, ele é uma ótima opção para as estações mais quentes.

Um detalhe que faz a diferença na hora de escolher o vestido é o tamanho do busto. Primeiro porque o modelo errado pode causar muito desconforto e segundo, que vai desvalorizar o corpo todo.

Quem tem busto pequeno pode apostar em modelos que tenham bastante volume na parte de cima, como babados e drapeados. Isso ajuda a destacar o colo. Claro que isso é uma opção para quem quer dar destaque para a região, caso contrário, o busto pequeno facilita no uso de qualquer modelo, por conta do conforto e sustentação.

modelo certo
Fonte: Unsplash

Quem tem busto grande e quer disfarçar tende a achar que precisa esconder o colo, e isso só piora as coisas. Usar modelos fechados cria mais volume na região, então aposte em decotes que ofereçam sustentação, mas valorizem.

Um cuidado a mais com os decotes muito acentuados é sempre bom, pois dão bastante destaque e podem acabar criando um look gritante demais.

Uma última dica, apostar em um cinto com o vestido é sempre uma boa ideia quando você quer marcar a cintura e encontrar o modelo certo. Ele valoriza a região e pode fazer toda diferença no look.

Com toda as dicas, o mais importante na hora de escolher um vestido é que ele tenha a sua cara. Seja do seu estilo e te deixe segura e confortável.

Não existe, e isso é muito importante, não existe corpo que não fique bom em vestido. Toda silhueta pode ser valorizada, basta você pegar a prática.

Macaquinho: dicas para arrasar com esse look

Macaquinho: dicas para arrasar com esse look

Com as estações quentes chegando, as peças curtas e frequinhas estão tomando conta dos looks. Os tons escuros já estão ficando de lado e dando vez para estampas bem coloridas, cores claras e peças mais despojadas.

No meio dessa transição, o macaquinho está fazendo o maior sucesso. Uma promessa para essa primavera e com certeza para o verão, as opções são infititas. Modelos, cores e estilos, você com certeza pode achar um que combine com você.

No dia a dia

macaquinho
Fonte: Unsplash

O macaquinho tem uma pegada mais casual, para o dia a dia. Ele é uma peça extremamente prática, afinal, é um look de uma roupa só. O que vai diferenciar o visual são os acessórios.

Normalmente você encontra modelos em tecidos bem leves, o que deixa a peça muito confortável. Ao mesmo tempo, tecido leves são finos e assim, marcam mais o corpo, então vale um cuidado a mais na hora de escolher.

Para um visual mais delicado, aposte em uma sapatilha ou sandália, já se a ideia é um look mais despojado, um tênis completa perfeitamente.

Abuse das estampas

Por ser uma roupa das estações quentes, as cores também seguem essa tendência. Não tenha medo de usar e abusar dos macaquinhos estampados, eles são tendência.

Como é look de uma peça só, você não precisa se preocupar em combinar o visual, ele já vem pronto. No máximo você pode acrescentar uma sobreposição, mas não tem segredo, aposte nas cores neutras, nos jeans ou nos tons presentes no macaquinho.

Sapatos e acessórios são bem livres, quando o assunto é combinar o visual. Eles podem ser neutros, só para complementar, ou podem ser mais chamativos, para dar aquele up.

Detalhes

macaquinho
Fonte: Unsplash

Se você quer um visual mais elaborado com o macaquinho, dá também. Uma das maneira de deixar o look com um toque mais ousado é apostar nos modelos que tem decotes diferentes.

Uma opção são os modelos com as costas abertas. Eles são super modernos e ótimos para um visual mais chamativo.

Claro que na hora de optar por um macaquinho assim, você tem que ver se fica confortável com o modelo. Para ficar bom, você provavelmente terá que usar um sutiã diferente ou mesmo abrir mão da peça, tudo vai depender da roupa.

No pé, um salto completa o look perfeitamente, chamando atenção para as pernas. Um maxi colar ou acessórios grandes também ajudam a deixar o visual mais ousado.

O mais importante na hora de escolher um macaquinho é apostar em uma peça que te deixe confortável, mas não tenha medo de optar por uma modelo diferente para variar no look. As cores também devem ser combinadas sem medo!

Uma última dica é usar um cinto, para dar um toque a mais e valorizar a silhueta, ressaltando a cintura. Só vale um cuidado com os modelos muito largos, pois eles podem acabar marcando errado as curvas do corpo.

E aí, o que acha?

Dicas para criar um visual equilibrado

Dicas para criar um visual equilibrado

Na hora de montar um look, um visual equilibrado, uma das coisas mais importantes para conseguir um visual sem erros é equilibrar a produção. Independente do estilo que você goste, isso é essencial e bem simples de fazer.

O equilíbrio da roupa está ligado ao modelo dela e aos tons que você escolhe para compor o visual. Claro que de certa forma, algumas coisas vão variar de pessoa para pessoa, mas algumas dicas servem como regras gerais para você valorizar a silhueta e arrasar na produção.

visual equilibrado
Fonte: Unsplash

Solto x Largo

Uma aposta que sempre dá certo na hora de montar um visual equilibrado, é combinar roupas largas com justas. Sempre vale lembrar que as peças justas ressaltam o corpo, então aposte nela em uma região que você queira destacar.

A peça mais larga, dá um toque mais despojado ao visual e pode deixar ele mais elegante, sem tirar a sensualidade da roupa. Um exemplo é apostar em uma saia lápis, que valoriza bem a silhueta da cintura para baixo e em uma blusa mais larga em cima. Equilíbrio perfeito.

O contrário também vale. Uma saia longa e mais solta, por exemplo, com um cropped que ressalte a parte de cima do corpo. Escolha certeira!

Uma coisa importante é saber que dicas não são regras. Vale também  apostar em um look todo justo ou todo soltinho. O lance é compor a produção que te represente melhor.

Tons equilibrados

Na hora de montar um visual equilibrado, equilibrar os tons da roupa, com as tendências de mistura na moda hoje em dia, vale praticamente tudo, mas existem algumas combinações que nunca saem de lista e que servem para qualquer lugar.

Os tons escuros são o maior coringa de um guarda roupa. Eles vão bem com estampas e com roupas lisas, sem contar que são as cores que mais valorizam a silhueta.

visual equilibrado
Fonte: Unsplash

Os claros, apesar de marcarem mais e por isso, pedirem uma atenção na hora de montar o look, são tão fáceis de combinar quanto os escuros. Não tenha medo de misturar eles entre si e com outras cores mais fortes.

Na hora de apostar em estampas, a maior dica é escolher uma peça que seja em um dos tons da estampa.  Não tem como errar e montar um verdadeiro visual equilibrado.

Deu para ver que equilibrar um visual não é uma coisa difícil. Independente do seu estilo, as dicas sobre os modelos das roupas e os tons valem para todo mundo.

Claro que o mais importante na produção é manter sua personalidade na roupa, mas uma ajudinha vai sempre bem, não é verdade?

A última dica é: não tenha medo de misturar peças. É assim que você vai encontrar o seu estilo ideal e montar o visual equilibrado perfeito para você!

Camiseta branca: dicas para usar em qualquer ocasião

Camiseta branca: dicas para usar em qualquer ocasião

Com a moda você aprende constantemente que uma peça básica, como a camiseta branca, pode se tornar um look arrasador. Tudo é questão de saber criar o visual que você deseja e aproveitar ao máximo as possibilidades de cada roupa.

Um exemplo disso são as camisetas brancas. Sinceramente, você conhece alguma peça que seja mais básica do que ela? E ao mesmo tempo, mais simples? Acho que não. Pois bem, ela pode sim compor looks lindos para todos os ambientes e é sem dúvida uma peça coringa.

Tamanho

camiseta branca
Fonte: Unsplash

A primeira coisa que você tem que levar em conta na hora de escolher uma camiseta branca é o seu estilo. Se você gosta de roupas mais justas ao corpo, uma camiseta normal pode não ser a melhor peça, opte por uma t-shirt, que tem a mesma pegada básica com um toque a mais na modelagem.

Já se você gosta de um estilo mais descolado e de roupas mais soltas, a camiseta normal é uma ótima escolha e não é porque ela é mais larga que vai te deixar menos feminina.

Básico

Os looks básicos com a camiseta são aquelas acompanhados por outras peças que também tem um estilo mais básico, como um jeans ou uma calça legging.

Isso não quer dizer, no entanto, que o seu look precisa ser sem graça. Nada disso. Você pode muita bem complementar o visual com acessórios ou uma terceira peça para dar aquele toque a mais.

No caso da legging, apostar em um modelo diferente, estampado, já é um ótimo começo. E claro, os sapatos aqui fazem toda diferença. Talvez seja a chance de você usar aquele tênis chamativo que é difícil de combinar. Que tal?

 Misturas

camiseta branca
Fonte: Unsplash

Para um visual mais produzido, misture a camiseta branca com peças mais estruturadas. Seja uma saia, uma calça de alfaiataria, enfim, uma peça que não seja tão básica quanto ela.

Essa mistura de estilos está super em alta e você pode criar visuais modernos e que atendam a várias ocasiões.

Por exemplo, se você apostar em uma saia lápis com um blazer e uma camiseta branca por baixo, já está pronta para um ambiente mais social, como o trabalho etc.

A mesma mistura funciona em uma produção para a noite. Uma saia com aplicação, colorida e bem chamativa, cai super com a camiseta. Um salto no pé e acessórios vão fechar o look do jeito certo. Não tenha medo de apostar nas combinações.

Já deu para perceber que a camiseta branca é uma peça essencial no guarda roupa. O básico dela faz toda diferença no visual, que fica mais leve, sem perder a graça.

Ela é uma escolha certeira para usar com aquela peça super chamativa sem criar um visual gritante, pois a neutralidade da camiseta equilibra o look. Simples, prática e estilosa, tem como não gosta dessa peça?

Peças furta cor: dicas para apostar nesse colorido

Peças furta cor: dicas para apostar nesse colorido

Quem gosta das roupas metalizadas e douradas, provavelmente vai se encantar com o charme das peças furta cor ou com efeito holográfico. Chamativas, elas trazem um toque de atualidade para qualquer visual.

Apesar de não ser tão difícil de combinar, as peças em furta cor não são básicas. Não é o tipo de roupa que você pode usar sempre e em qualquer lugar.  Se a vida pede um visual discreto, fuja delas, mas se você pode se aventurar por uma look alternativo, ela é a escolha ideal.

furta cor
Fonte: Unsplash

Escolha certa

Como a peça em furta cor vai ser o centro do visual, escolha com cuidado em qual modelo você vai investir. Por exemplo, se você apostar em uma saia ou calça, ela vai ressaltar a região do quadril.

Se for uma blusa ou jaqueta, vai chamar a atenção da cintura para cima. Enfim, a lógica é apostar em uma peça na região do corpo que você não se importe de destacar.

Se você gosta dessa tendência, mas ainda não se sente segura para apostar em uma roupa, opte pelos acessórios. Bolsas e sapatos são mais discretos e ainda mais fáceis de combinar. Na dúvida, aposte no básico.

Look equilibrado

Na hora de pensar no visual com a roupa furta cor, a melhor dica que tem é apostar em composições básicas. Quer dizer, se você já vai optar por uma peça que chame a atenção como essa, o restante do look deve ser mais “apagado”.

Cores neutras são a melhor opção para criar esse equilíbrio, sejam claras ou escuras.

Já se você quer investir em tons diferentes, opte por cores que combinem com o furta cor. Se você for reparar na peça, vai ver que ela puxa para um ou outro tom, então aposte neles para escolher o resto do visual colorido.

Dia x Noite

furta cor
Fonte: Unsplash

Independente da roupa e do modelo, as peças furta cor não são boas opções para looks sociais por serem muito chamativas.

Na hora de apostar em um look para o dia, escolha cores claras para combinar com a peça, isso vai dar mais leveza e deixar o visual mais casual.

Por ter uma pegada bem descolada, você pode apostar sem medo nas combinações com tênis e sapatos baixos, eles completam bem a produção e dão o conforto essencial para a correria do dia a dia.

Se a opção é montar um super produção para a noite, opte pelas peças mais escuras e ousadas, ela vão criar um visual bem marcado que vai te destacar no ambiente. 

Acessórios e um sapato alto também ajudam a dar um toque a mais, mas não aposte em tudo de uma vez. Cria um equilíbrio entre todas as peças escolhendo algumas mais neutras para não acabar com uma produção muito gritante.

Sem dúvida, as peças furta cor são um diferencial para o look do dia a dia e uma ótima escolha para criar aquele visual arrasador para a noite. Qual tal se aventurar?

Mini saia: dicas para um look que combine com você

Mini saia: dicas para um look que combine com você

Basta aparecer o sol que algumas peças que estavam escondidas no guarda roupa tomam conta da rua, a mini saia é uma delas. Depois de uma temporada sendo trocada por calças ou roupas mais quentes, ela volta com tudo.

Uma peça clássica do look feminino, a mini saia é básica, versátil e pode ser incorporada em estilos completamente diferentes. A principal característica dela é o comprimento, mas tirando isso, você encontra modelos em todas as cores, tecidos e tipos de costura.

Lugar certo

mini saia
Fonte: Unsplash

A mini saia é uma ótima peça para montar um visual casual para o dia a dia, o que não quer dizer que você não consiga usá-la na noite.

Com exceção de locais mais sérios, que exigem uma veste mais discreta, você pode apostar nela para qualquer ocasião. Tudo vai depender do modelo da saia e dos complementos que você escolher.

Equilíbrio

A regra básica na hora de montar uma produção com mini saia é ter cuidado para não criar um look exagerado. Por ser uma peça curta e que mostra bem as pernas, dependendo da ocasião, vale apostar em uma blusa mais larga ou fechada, isso vai criar um equilíbrio com a saia.

Claro que vale apostar nas blusas mais justas e abertas, desde que o ambiente combine bem.

Outra dica é escolher o modelo da saia de acordo com a sua silhueta. Se você tem pernas grossas e/ou é alta, uma saia muito curta pode acabar te desvalorizando, então opte pelos modelos mais largos e mais próximos do joelho.

Mas vale lembrar que a mini saia pode e deve ser usada por qualquer mulher, independente do tipo de corpo. O importante é você se sentir segura com a peça.

Jeans

mini saia
Fonte: Unsplash

A mini saia mais básica que existe é a jeans. Não tem como errar na hora de criar um look com essa peça. Ela combina com tudo e vai muito bem para um visual básico e despojado.

No jeans, você pode encontrar modelos com lavagens escuras ou claras, até o branco, o que te dá mais chances de escolher uma saia que combine com seu estilo pessoal.

A saia jeans fica ótima com uma blusa básica e tênis, tanto quando fica linda com uma blusa de tecido fino e salto. Realmente não tem segredo na hora de montar o look. Brinque com as cores e as texturas e você vai criar um visual arrasador.

Opções

As mini saias com estampas também são uma ótima opção para diversificar o look. Elas são alegres e criam uma produção divertida e ao mesmo tempo moderna. Você pode usá-las tanto durante o dia, quanto em um visual ousado para a noite.

Na hora de combinar, aposte em tons básicos ou em cores que estejam presentes na estampa da saia. Não tem erro. Não tenha medo de completar o look com acessórios. Eles faze toda diferença.

Deu para ver que a mini saia é uma peça coringa no guarda roupa, principalmente agora, com a chegada das estações mais quentes. E aí, já escolheu a sua?

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas