Escolha uma Página

O cabelo é uma verdadeira moldura para o rosto, responsável por ressaltar características positivas e ainda evidenciar a sua personalidade. No entanto, nem sempre ele joga a seu favor: alguns pequenos erros, que vão da coloração à escolha do penteado, podem deixar a aparência envelhecida e prejudicar o seu visual.

COLORAÇÃO INCORRETA 

cabelo
Fonte: Unsplash

Ao optar por pintar os fios é muito importante pensar bem nas tonalidades, já que elas influenciam diretamente na maneira como você percebe o rosto. A cor muda muito e pode destacar rugas e outros defeitinhos.

Se for muito clara pode dar a impressão de cabelo grisalho; a excessivamente escura confere um ar pesado demais e empalidece muito.

O ideal é que nunca fique muito claro e monocromático, que você pareça ter uma cor só, e nem criar um contraste excessivo.

Qualquer mulher pode usar a cor que desejar, mas tem que conversar com o profissional para escolher a cor que mais se encaixa com a sua pele, rosto e estilo.

CABELOS BRANCOS SEM CUIDADO

Que mulher nunca ficou preocupada ao notar aquele primeiro fiozinho branco diante do espelho? Assim que eles surgem, é importante adotar alguns cuidados. Não cobrir e nem cuidar corretamente envelhece demais, passa uma imagem de descuido. Se você tem só alguns fios é preciso cobrir, e até 50% não tem necessidade de fazer isso com coloração oxidativa e pesada, pode ser apenas depositante, com um tonalizante acima de oito.

Se ele é totalmente branco e você não quer pintar, pode assumir sem medo, porque da maneira correta pode ficar muito moderno. Aqui o conselho é usar os xampus antiamarelamento para neutralizar a cor e deixar aquele prateado bonito e que está em alta.

CORTE ANTIQUADO

cabelo
Fonte: Unsplash

O corte muda tanto a aparência quanto a coloração, e o estilo escolhido pode ser tão responsável por rejuvenescer quanto por deixar o visual cansado e apagado.

Alguns envelhecem bastante, especialmente o chanel tradicional com aquelas linhas muito retas porque deixa o visual muito clássico e automaticamente passa a impressão de ser uma pessoa mais antiga.

Todos os cortes retos são assim. O que é mais desconectado, leve e com maior movimento dá o efeito contrário, dá a impressão de mais jovialidade por conta do ar moderno e de não pesar na aparência.

Um mito bastante comum entre as mulheres é de que os fios precisam ficar cada vez mais curtos à medida que se envelhece, mas – acredite – isso está longe da realidade.

Não importa o comprimento, se for curto errado ele vai te envelhecer, tanto quanto um longo. Se a cor e o corte estiverem modernos e combinando com você, a idade e esse comprimento não fazem diferença.

FINALIZAÇÃO 

A finalização é o que de fato dá vida ao seu corte de cabelo, portanto ela também tem um papel de destaque: Aquelas pessoas que fazem a escova muito viradinha e certinha acabam parecendo mais velhas, então a maneira como você arruma os fios diariamente faz diferença.

Tudo que tiver mais movimento, que é menos alinhadinho, te dá um ar mais atual e não denuncia a idade.

PENTEADOS TRADICIONAIS

Você é daquelas que vivem com as madeixas presas? Então é bom pensar se o estilo escolhido está mesmo contando pontos a seu favor. Se você não quer envelhecer muito a imagem evite os penteados extremamente clássicos, como o coque muito puxado e grudado na cabeça, sem nenhum fio fora de lugar. Isso remete a pessoas mais maduras e sua imagem pessoal acompanha isso se as roupas ou a maquiagem não forem modernas. Portanto, é melhor evitar!

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas