Escolha uma Página
Guia do bob: Como adaptar o corte para cada formato de rosto

Guia do bob: Como adaptar o corte para cada formato de rosto

Que o corte de cabelo estilo long bob é o hit do momento todo mundo já sabe, porém nem todas as mulheres sabem que é possível modernizar e dar um toque diferente com pequenas variações no corte, por isso trouxemos o guia do bob.

Este tipo de corte tem muitas vantagens: É um corte de fácil manutenção. Dá muuuito menos trabalho do que ter um cabelão e traz um ar cool sem muito esforço. Por ser mais longo na frente, o long bob deixa a mulher moderna sem precisar fazer grandes sacrifícios. Principalmente aqui no Brasil, onde todo mundo é acostumado com o cabelo comprido. Ele surge como opção para quem quer inovar, mas não radicalizar.

Fizemos um guia para que você consiga adaptar o corte long bob ao seu formato de rosto.

Rosto redondo

guia do bob
Fonte: Unsplash

Com alguns truques, é possível fazer um corte que alongue e afine o seu rosto. Uma dica simples é realizar uma alteração frontal para criar a moldura perfeita para o seu rosto.

Deixar uma franja lateral e assimétrica, bem leve e desfiada, vai amenizar a impressão de rosto redondo. A parte da frente também deve ter um bico mais alongado que vai chamar a renção para os lugares certos.

Outra dica é transforar o corte com a juda de finalização, fugindo dos fios totalmente lisos. O cabelo ondulado dá mais volume, então vai te ajudar a deixar sua imagem mais sensual, despojada e, ao mesmo tempo alongar o rosto.

Clarear o tom dos cabelos, como em californianas ou ombre hair, também funciona muito bem.

Quadrado

O rosto quadrado é forte e marcante, já que tem queixo e testa do mesmo tamanho. O long bob bem arredondado e clássico serve muito bem para deixar a expressão mais delicada.

Lembre-se de que franjas curtas matam essa face, então prefira as mais desfiadas a partir do nariz, porque esse tipo de rosto pede um cabelo mais leve na frente para não ficar tão sério. Atenção ao nosso guia do bob.

Triângulo invertido

Seu queixo é mais fino que a testa? Então seu rosto é o triângulo invertido. O mais indicado nesse caso é que você faça uma franja rasgada nas laterais ou bem diagonal sobre a testa, para diminuir o ângulo.

A altura do long bob pode variar, mas se for próxima ao queixo dará mais volume e ficará bem proporcional. É interessante desfiar bem essas pontas para um efeito de mais aumento. E é isso que nosso guia do bob quer te mostrar.

As franjas são as maiores aliadas dos rostos triangulares, porque ajudam a criar volume na testa e as retas são boas opções. Um cuidado importante é não terminar a base exatamente na altura do maxilar, ele precisa ser um pouco mais alongado, quase na saboneteira, e aí criar camadas para ter leveza e movimento.

Finalização

guia do bob
Fonte: Unsplash

Passo a Passo: cabelo liso

As ferramentas
Protetor térmico, chapinha e hair spray para dar um acabamento brilhante.

A técnica
Aplique o protetor nos cabelos ainda úmidos. Alise pequenas mechas por vez para garantir um liso extremo. Finalize com um pouco de spray. Para criar um efeito bonito, vire as pontinhas para fora.

Despenteado (Bagunçadinho)

As ferramentas

Spray de sal, que dá corpo e volume aos fios, e secador com difusor.

A técnica

Borrife o spray de sal antes de secar os fios. Depois, use o secador até retirar toda a umidade. Prenda dois coques, um de cada lado da cabeça. Espere uma hora e solte-os com a ajuda dos dedos.

Ondulado

As ferramentas
Use um babyliss fino e grampos para assegurar que os cachos tenham um toque retrô.

A técnica
Após secar as madeixas e fazer escova, use o babyliss fino, separando pequenas mechas por vez para conquistar um look mais construído. Prenda com grampos os cachinhos rentes à raiz do cabelo e solte só na hora de sair.

Gostou? Use sempre nosso guia do bob para te ajudar a escolher o melhor corte para o seu rosto e não se arrepender depois. Além disso, ele também te ajuda a finalizar seu cabelo já cortado para que ele fica do jeitinho que você quer.:D

Dicas para não cometer deslizes de moda

Dicas para não cometer deslizes de moda

As roupas vão muito além da sua função prática de proteger o corpo, também são responsáveis por transmitir a mensagem que você deseja comunicar para o mundo com a sua imagem e não cometer deslizes de moda. No entanto, nem sempre o que salta aos olhos é aquilo que se quer comunicar!

Descubra pequenos deslizes de moda que podem envelhecer ou até infantilizar demais o seu visual:

Deslizes que envelhecem

Escolher a cor errada

deslizes de moda
Fonte: Unsplash

Apesar da escolha de cor ser uma questão de gosto, a tonalidade deveria sempre variar de acordo com a sua pele, já que perfis quentes e frios pedem um leque diferente de matizes.

A cor errada, que não fica bem em você, envelhece porque empalidece e evidencia defeitinhos como marcas de expressão, manchas, olheiras e rugas. É um dos piores deslizes de moda

O ideal é que ao provar uma roupa você analise-a com calma em frente ao espelho, para perceber todos os detalhes.

Outra opção é pegar uma mesma blusa em duas cores diferentes, colocar perto do rosto por alguns segundos e depois fazer o mesmo com a outra. A comparação vai te ajudar a entender qual ficou melhor.

Fazer combinações rígidas

A alfaiataria e outros elementos da vestimenta clássica são muito bem-vindos no dia a dia, especialmente para ambientes formais ou empresariais. No entanto, tome cuidado para não exagerar na rigidez do look e cometer um dos deslizes de moda se não quiser parecer ter alguns bons anos a mais. Eles podem envelhecer de acordo com o que você usa, como é o caso das camisas com gola laço, que estão em alta agora.

Procure misturar o blazer ou a calça de alfaiataria com uma peça mais jovem e moderna, seja na roupa ou nos acessórios. Geralmente, o paletó fica bem com um jeans escuro, e a calça de alfaiataria funciona com uma regata de bom tecido. Misturar linguagens é o segredo para quebrar o efeito negativo.

Usar estampas fora de escala

Escolher a melhor estampa para a sua silhueta nem sempre é fácil e, quando a escala fica fora de proporção, podem acontecer problemas, como acabar com uma imagem antiquada ou um visual datado. As estampas Liberty (aquelas com flores bem pequenininhas) envelhecem demais se estiver desproporcionais em relação ao corpo.

Padrões pequenos não vão ter efeitos negativos se estiverem em mulheres menores e com traços mais delicados, caso contrário, prefira usar de maneira mais casual, como em uma camisa aberta com uma camisetinha por baixo.

Sapatos da “Vovó”

Por mais que sejam extremamente confortáveis, os sapatos com sola anatômica podem não cair bem no figurino quando são muito aparentes. Outros modelos, geralmente relacionados a pessoas mais velhas, também pedem certos cuidados para que não acabem denunciando anos extras: Alguns são naturalmente mais antiquados, como os peep toes muito fininhos, que mostram só a unha do dedão, e o mocassim anatômico.

Se você quiser usar um par de calçados mais clássico ou com esse estilo, a dica é procurar por cores vibrantes ou estampas modernas, para que o look fique mais atual.

Deslizes que infantilizam

deslizes de moda
Fonte: Unsplash

Roupas rodadas

As roupas mais rodadas trazem uma conotação mais romântica e delicada, o que nem sempre é apropriada. Saias e vestidos nesse estilo acabam dando um ar juvenil, assim como os de pregas, então é uma leitura que não deve estar nas roupas de trabalho.

Em um momento casual, podem sim aparecer, mas tente colocar uma estampa mais sofisticada ou moderna ou uma cor mais vibrante, que tiram essa sensação de que você está caricata ou tentando parecer muito mais jovem.

Tons pastel

Os tons pastéis estão em alta na moda, mas todo cuidado é pouco ao escolher um look composto por eles. Eles dão uma infantilizada no look por serem muito clarinhos, especialmente o rosa e o azul, que remetem às crianças mesmo.

Para não acontecer, o melhore é misturar com preto e outras cores de maior contraste que quebram bastante essa impressão.

Acessórios datados

Sabe aquele brincão grande de argola ou aquele bico de pato que você adorava na adolescência? Melhor reservar um lugar especial para eles nas suas lembranças, e não no guarda-roupa. Esses brincos, anéis muito pequenos com motivos infantis e piranhas rementem a uma imagem muito jovem e são informais demais.

Prefira brincos com estruturas mais interessantes ou longos, laços e presilhas coloridos, mas com materiais sofisticados, e anéis que façam o seu estilo de agora, e não do passado. 😀

7 dicas para você se sentir bem consigo

7 dicas para você se sentir bem consigo

Se sentir bem pode ser uma tarefa difícil para algumas pessoas, mas isso faz uma diferença enorme. Se você está na lista de quem tem dificuldades em se aceitar, aqui estão algumas dicas que podem ser implantadas no seu dia-a-dia para mudar essa situação gradativamente:

Olhe sempre para o lado positivo das coisas

se sentir bem
Fonte: Unsplash

Antes de você pensar que essa dica é inútil, pense bem. Você não concorda que você se sentiria mais feliz se olhasse para o lado positivo de tudo o que acontece com você?

Levar uma vida otimista faz com que você fique mais alegre, feliz e se sinta melhor com você mesma. É muito mais difícil de sentir bonita quando se avalia as situações do cotidiano negativamente.

Separe um tempo para passar maquiagem e arrumar o cabelo

Nenhuma mulher precisa de maquiagem para ficar bonita, mas quando você separa um tempo para se arrumar no começo do dia, você se sente melhor. Isso acontece porque você se vê de uma maneira em que não está acostumada.

O efeito de arrumar o cabelo e passar maquiagem antes de sair de casa é parecido com o de tomar um café pela manhã: muitas mulheres não se sentem completamente acordadas antes de fazer isso.

Quando amamos os resultados da maquiagem e dos penteados, nós nos sentimos melhores com nós mesmas automaticamente, principalmente porque nos esforçamos para ficarmos ainda melhores. Se arrumar também pode ser encarado como um ritual de preparo para encarar um dia cheio e pode te fazer se sentir bem.

Pratique exercícios físicos para se sentir bem

Se exercitar não faz apenas com que a gente se sinta mais bonita, mas faz a gente ficar bonita efetivamente. Talvez os resultados não sejam imediatos, mas pratica exercícios físicos regularmente queima gordura e diminui o peso – algo que a maioria das mulheres busca constantemente.

Além de perder peso, a prática de exercícios físicos faz seu corpo liberar o hormônio serotonina, que é o hormônio do prazer. Ou seja, automaticamente você vai se sentir bem e feliz.

Beba bastante água

se sentir bem
Fonte: Unsplash

É difícil listar todos os benefícios advindos da hidratação. Podemos dizer que beber água traz mais benefícios do que você imagina. Beber bastante água é uma das decisões mais saudáveis que alguém pode tomar e também faz a diferença em nossa aparência.

Quando se bebe bastante água a pele fica bonita e saudável – de uma maneira que nenhum cosmético consegue agir.

Use pasta de dente branqueadora

Clarear os dentes também pode te fazer sentir bem. Há algo em saber que seus dentes estão maravilhosos que faz a sua confiança ir lá para cima. Você vai querer sorrir mais do que o normal só para mostrar os dentes brancos e sorrir pode afetar a maneira como você vê a vida.

Há diversas maneiras para clarear os dentes, desde métodos profissionais a caseiros – o mais prático é investir nas pastas de dentes branqueadoras.

Escolha peças de roupas que favorecem a sua silhueta

Fazer isso pode não ser tão prático. Você pode precisar procurar na internet quais são as melhores roupas para o seu determinado tipo de corpo. Também há muita informação sobre as cores que funcionam bem com o seu tom de pele, cor de cabelo e dos olhos.

Esse é um assunto fascinante para se aprender. É empoderador saber exatamente o que comprar quando você for buscar roupas novas.

Não negligencie sua beleza interior

Conhecer a sua beleza interior pode fazer você se sentir bonita mais do que qualquer outro item desta lista. Quando você trabalha para ser uma pessoa bonita por dentro, você sempre vai irradiar beleza para fora. Todo mundo consegue enxergar a beleza interior de outra pessoa.

Se você está se perguntando como fazer isso, aqui estão algumas dicas: pratique a bondade, seja grata ao que acontece com você e tenha compaixão aos outros.

Detox: Chás que aceleram o metabolismo viraram febre

Detox: Chás que aceleram o metabolismo viraram febre

Um novo plano de dieta está se tornando uma verdadeira febre no Instagram, e já ganhou uma legião de adeptas entre as mulheres que buscam transformar o corpo de maneira saudável: os chás que possuem função detox, também conhecidos como “TeaTox“. A ideia é utilizar chás para melhorar o metabolismo, desintoxicar o organismo e (claro!) eliminar os quilinhos extras.

Mas, você deve estar se perguntando: “Será que isso funciona mesmo?” Saiba como os chás de fato podem de fato colaborar para a silhueta e como incluir corretamente no dia a dia.

Antes de tudo, é preciso ter em mente que as ervas sozinhas não tem o poder de te fazer emagrecer, mas que são sim facilitadoras. Os chás podem ser aliados no processo de emagrecimento e na melhora da qualidade de vida, mas não fatores únicos no processo.

Quais chás escolher

detox
Fonte: Unsplash

Os chás podem conter as mais variadas propriedades, desde o efeito calmante, como o de camomila e maracujá, até os aceleradores de metabolismo, indicados para quem procura eliminar os quilinhos extras.

Opções como o chá verde, canela, gengibre e cavalinha podem ser usados com o intuito de emagrecer.

Eles agem como fatores termogênicos, aumentando a taxa metabólica e facilitando o processo de perda de peso, além de possuírem antioxidantes, que auxiliam no combate à inflamação e instalação de doenças crônicas.

Essas ervas também hidratam bem, melhoram o funcionamento intestinal e, consequentemente, o aspecto da pele.

Sachê X Ervas

Escolher entre o sachê ou as ervas soltas é motivo de dúvidas para quem resolve começar a investir na bebida e, apesar de ambos terem benefícios, não são iguais. “Os chás de folhas frescas são melhores, pois os de saquinho podem conter uma certa quantidade de galhos e outras substâncias que não são a folha, diminuindo a infusão delas na água.

A maneira de fazer a infusão também é importante: Você deve aquecer a água e desligar o fogo quando levantar fervura. Só então acrescente as folhas, abafe com uma tampa por cerca de 10 minutos e então coe e consuma.

Os especialistas garantem que não há diferença nutricional entre a versão quente e a fria, basta tomar o cuidado de consumir no mesmo dia. Você ainda pode misturar tranquilamente dois chás para ter mais benefícios, como o de hibisco (febre entre as famosas!), que melhora o inchaço e a retenção de líquidos, com uma das opções termogênicas indicadas acima.

Como consumir

detox
Fonte: Unsplash

Para que você realmente perceba os benefícios os chás devem fazer parte da rotina diária, já que não existem milagres quando o assunto é boa forma: No programa teatox são utilizados os chás duas vezes por dia, mas você pode consumir entre duas ou quatro xícaras.

Aconselha-se não tomar mais que cinco, o que deve prevalecer é o bom senso. Prefira utilizar o preparo nos intervalos entre as principais refeições.

Não substitua refeições

A advertência mais importante para quem quer aderir ao teatox é não usar os chás para substituir as principais refeições (almoço, jantar e café da manhã). Ao fazer isso, há um grande risco da pessoa ficar com muita fome e descontar em outros alimentos, perdendo o foco do emagrecimento.

O principal é ter consciência na hora de fazer esse tipo de detox, para não prejudicar a sua saúde. O ideal é ter o acompanhamento de uma nutricionista.

Se não tiver como, busque dicas certeiras, sem ingredientes industrializados e que podem te prejudicar. E, principalmente, não tome medicamentos para emagrecer sem a indicação de um médico especialista.

O mais importante aqui é você cuidar da sua saúde e ingerir alimentos saudáveis e com nutrientes que vão te fazer bem. Não é errado comer um doce ou pizza de vez em quando, não se sinta culpada por isso.

Sobrancelhas: 8 dicas para realizar a manutenção em casa

Sobrancelhas: 8 dicas para realizar a manutenção em casa

Um desafio para muitas mulheres é conseguir manter o formato das sobrancelhas em casa. É comum recorrer ao salão, para não se arriscar a fazer sozinha e cometer algum erro.

Porém, seguindo algumas dicas você conseguirá manter as suas sobrancelhas bem cuidadas no intervalo entre as visitas no salão.

1. Planeje as suas visitas

sobrancelhas
Fonte: Unsplash

O design das sobrancelhas precisa ser refeito regularmente com um profissional, para que elas não percam o formato. Portanto, é importante que você planeje de forma organizada suas visitas ao salão.

É aconselhável refazer o desenho a cada 30 ou 40 dias, porém o prazo também depende do crescimento dos seus pelos. Se o processo for mais lento e em pouca quantidade, o intervalo pode ser maior.

2. Higiene em primeiro lugar

Antes de realizar a manutenção, é essencial preparar a pele e o material. Passe álcool na pinça que você irá usar e lave o rosto com água e sabonete específico para a pele da região. Deixar a pele limpa ajuda a evitar alergias e irritações na região.

3. Use o espelho correto

Para remover os pelinhos que crescem fora da linha da sobrancelha, é importante “limpar” corretamente. Uma boa dica é substituir o espelho do banheiro por um espelho de mão que te permite ver os ângulos melhor e controlar a distância.

Escolha também um lugar com luz adequada, para permitir uma visualização de todo o rosto. Nunca remova o que estiver no desenho, apenas o que cresce fora e deixe os pelos crescerem para que consiga puxar desde a raiz.

4. Amenize a dor com pomadas

Se você costuma sentir muita dor para retirar o pelo, adote um hábito que vai mudar o seu sofrimento: Use anestésicos tópicos, como cremes à base de lidocaína ou xilocaína, 20 minutos antes de tirar a sobrancelha. Eles deixam a região anestesiada por alguns minutos, mas lembre-se de tirar todo produto com água para não atrapalhar a remoção dos pelos.

5. Evite a tesoura

sobrancelhas
Fonte: Unsplash

Ainda que os pelos estejam longos é importante controlar o desejo de apará-los com a tesoura, pois a atitude pode levar a resultados desastrosos quando não se tem prática.

Evite a ferramenta, porque a simetria do comprimento é difícil de ser mantida e é extremamente complicado acertar a medida certa sozinha.

Caso os pelos compridos estejam te incomodando, use uma máscara incolor para deixá-los no lugar até a hora de aparar corretamente com um profissional.

6. Use um lápis para marcar

Para deixar os limites da sobrancelha bem demarcados, faça uma risca com o lápis para demarcar melhor o desenho e correr o risco de arrancar algum pelo a mais.

Para evitar falhas, você também pode pintar com um lápis branco toda a pele ao redor da sobrancelha: os pelos que ficarem nessa área branca devem ser retirados.

7. Reforçando o desenho

Uma dica para quando o desenho não está tão bem definido é apostar na maquiagem para arrumar. Há duas opções: usar um lápis para sobrancelhas (com o tom próximo das suas) ou pegar um pincel chanfrado, umedecer e passar na sombra marrom. Aplique em pinceladas para conseguir um resultado natural.

E tomem cuidado, nunca utilizem a cor preta (tanto de lápis como de sombra), pois o resultado ficará artificial.

Caso as sobrancelhas estejam perdendo o arqueado, a dica é apostar no iluminador (que também pode ser em sombra ou em lápis) e passá-lo bem embaixo do desenho da sobrancelha. A técnica dá a impressão de uma sobrancelha mais arqueada e desenhada.

8. Hidrate

Sim, isso mesmo! As sobrancelhas, assim como os cabelos, também precisam de hidratação! Mas cuidado, elas não devem ser hidratadas com condicionador ou cremes para o corpo, pois podem provocar oleosidade.

Já existem máscaras e hidratantes próprios para a região, que fazem com que os pelinhos fiquem bonitos e alinhados. Outra dica, é molhar a pontinha do dedo no óleo de coco e passar antes de dormir (o resultado pela manhã serão pelos macios e aveludados). 😀

× Como podemos te ajudar?
Pular para a barra de ferramentas